SINTA-SE EM CASA, FIQUE A VONTADE
Loading ...
Terça-feira, 6 de Dezembro de 2011
A BOLINHA PERDIDA

 

 

Quando o dia `e cansativo e me traz desagrados, apetece-me voltar ao passado e ser crianca outra vez.

Por vezes, relembro pequenas passagens desses tempos longinquos, que me fazem sorrir.

Algumas trazem-me memorias de uma vida sadia, simples, plena de coisas agradaveis, outras porem, recordam-me que o mundo nunca foi perfeito, e que sempre houve e havera injusticas.

Nao sei porque, hoje veio-me a ideia uma historia que aconteceu quando eu teria uns tres anos. Seculo passado, portanto...ahahah!

Os meus pais trabalhavam no campo, e levavam-me com eles, e por la me entretinha sozinha a brincar com o que calhava.

Nesse dia andava a brincar com uma bolinha de borracha, mais ou menos do tamanho de um ovo de galinha. Para mim era uma reliquia, pois os brinquedos nao abundavam.

Acontece que recebemos a visita dos patroes(donos de uma boa fatia do Alentejo), que levavam consigo as duas netas, sendo que uma delas era da minha idade e a outra um pouco mais velha (mais tarde viriamos a frequentar juntas o liceu).

Completamente alheia a essa coisa de classes sociais, devo ter ficado contente por ter alguem com quem brincar, e claro que comecamos a jogar as tres com a minha bolinha de estimacao.

Passado pouco tempo uma das miudas atirou a minha bola para o meio da seara. Entrei em panico, ao olhar para as espigas, pensando que seria missao impossivel encontrar a minha reliquia.

Com as lagrimas a saltar, gritei para a minha mae:

Oh mae...a gaiata atirou a minha bola para a seara!

A reaccao da minha mae deve ter sido para mim um choque maior do que o de perder a bola, pois `e essa a imagem que melhor retenho.

Lembro-me que correu na minha direccao com ar ameacador e disse muito irritada:

Nao `e a gaiata...`e a menina, e nao tem importancia nenhuma que tenha atirado a bola para a seara!

Chorei desesperadamente...esperava que se irritasse com a "gaiata", nunca comigo. Nao compreendi porque `e que eu e as miudas da minha idade eramos gaiatas, e aquela nao era. Nao compreendi nada, nada de nada.

Somente, anos mais tarde, quando ja no liceu, na hora do recreio, essas meninas e o seu grupo, se afastavam das gaiatas, fechando-lhes a entrada a qualquer brincadeira, comecei a compreender a atitude da minha mae.

Nao posso dizer que tenha afectado a minha vida, mas a verdade `e que, ainda hoje, passados que sao mais de cinquenta anos, lembro este episodio.

Faz-me sorrir, um sorriso triste, de desencanto, por vivermos num mundo tao desigual.

 

 

 

 

O SOL QUANDO NASCE `E PARA TODOS...OU NAO?



publicado por sopa-de-letras às 21:37
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é? | partilhar

contador de visitas
sayaç
pesquisar
 
participar

participe neste blog

favoritos

DESCULPEM QUALQUER COISIN...

ONDE ANDAS MINHA ALEGRIA?

subscrever feeds
mais sobre mim
Os meus sitios:
www.meninadomonte.blogspot.co.uk https://www.facebook.com/mletras?ref=tn_tnmn http://www.hi5.com/profile.html https://twitter.com/#!/bletras letras1@msn.com bletras1@sapo.pt