SINTA-SE EM CASA, FIQUE A VONTADE
Loading ...
Sexta-feira, 18 de Maio de 2012
FLAUSINAS E BAUBAUS

 

 

 

 

No final da decada de 50, havia uma cantiga, cujo refrao ainda hoje me lembro, que retratava as raparigas e rapazes da epoca.

Eu era miuda, mas recordo-me das primas adolescentes, magricelas, de pernas compridas, de cabelos ripados, e oculos de sol.

Uma delas namorava um baubau, que embora sendo alentejano, vivia em Lisboa e, a certa altura, apareceu la na terra com um descapotavel.

Levava-a a passear, deixando toda a vizinhanca boqueaberta e cochichando na ombreira das portas.

Ela amarrava um lenco por baixo do queixo, para que o vento lhe nao desmanchasse o penteado, e la iam os dois.

Era um contraste brutal...aquele descapotavel com os dois la dentro, passeando pelas ruas nao alcatroadas do bairro pobre onde cresci.

Parecia uma cena de cinema.

 Entao a cantiga era mais ou menos assim:

 

Fausina flausina flausina

Nao queiras casar com baubau

 

Perna para aqui

Perna para ali

As pernas da flausina

Sao todas para mim

 

Andei aqui pela internet tentando encontra-la, mas nao apareceu.

 

Encontrei, isso sim, o Raul Solnado. Aqui fica...

 

 



publicado por sopa-de-letras às 18:11
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é? | partilhar

contador de visitas
sayaç
pesquisar
 
participar

participe neste blog

subscrever feeds
mais sobre mim
Os meus sitios:
www.meninadomonte.blogspot.co.uk https://www.facebook.com/mletras?ref=tn_tnmn http://www.hi5.com/profile.html https://twitter.com/#!/bletras letras1@msn.com bletras1@sapo.pt