SINTA-SE EM CASA, FIQUE A VONTADE
Loading ...
Segunda-feira, 17 de Outubro de 2011
PERDI MEUS CASTELOS FANTASTICOS

 

Perdi meus fantásticos castelos
Como névoa distante que se esfuma...
Quis vencer, quis lutar, quis defendê-los:
Quebrei as minhas lanças uma a uma!

Perdi minhas galeras entre os gelos
Que se afundaram sobre um mar de bruma...
- Tantos escolhos! Quem podia vê-los? –
Deitei-me ao mar e não salvei nenhuma!

Perdi a minha taça, o meu anel,
A minha cota de aço, o meu corcel,
Perdi meu elmo de ouro e pedrarias...

Sobem-me aos lábios súplicas estranhas...
Sobre o meu coração pesam montanhas...
Olho assombrada as minhas mãos vazias...

Florbela Espanca, in "A Mensageira das Violetas"

 

Tema(s):         Ilusão          Ler outros poemas de         Florbela de Alma Conceição Espanca



publicado por sopa-de-letras às 14:37
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é? | partilhar

contador de visitas
sayaç
pesquisar
 
participar

participe neste blog

subscrever feeds
mais sobre mim
Os meus sitios:
www.meninadomonte.blogspot.co.uk https://www.facebook.com/mletras?ref=tn_tnmn http://www.hi5.com/profile.html https://twitter.com/#!/bletras letras1@msn.com bletras1@sapo.pt